top of page
appcod.gif
Anuncio02.png

A sazonalidade e a inconstância no mercado turístico e da hospitalidade

Atualizado: 19 de mar.

Por: Abdon Barretto Filho | *ABF


  

📸 FOTO: *ABF | ARQUIVO PESSOAL


No mercado turístico e da hospitalidade, a sazonalidade e a inconstância de demanda são fatores que podem impactar significativamente as operações e os resultados do setor.



Durante as 52 semanas anuais, os gestores são desafiados pelas variáveis incontroláveis, principalmente as variações climáticas e as preferências dos consumidores.


As experiências, as conquistas, os relacionamentos são fundamentais para alcançarem bons objetivos.


Nas propostas para entendimentos e atendimentos das demandas observa-se a necessidade do posicionamento adequado.


As preferências dos consumidores podem demitir todos integrantes das empresas, simplesmente optando por outros bens e/ou serviços.


A oferta e a demanda de serviços turísticos estão diretamente ligadas aos períodos de alta, média e baixa temporada, bem como a eventos específicos que atraem turistas, como feriados e festivais.


A sazonalidade pode gerar desafios para as empresas, como a necessidade de ajustar a capacidade de atendimento de acordo com a demanda, contratações de funcionários sazonais e a gestão de estoques de bens, assim como  serviços utilizados.


Por outro lado, a inconstância de demanda influencia as oscilações nos resultados financeiros e na rentabilidade do negócio.


Para lidar com essas questões, as empresas do mercado turístico e da hospitalidade precisam adotar ações estratégicas no mercado. Uma das estratégias mais comuns é a diversificação da oferta de serviços para  atrair diferentes perfis de clientes ao longo do ano.


Exige profissionalismo, conhecimento e gestão competente para adaptações às realidades.


Por exemplo, um hotel que depende principalmente de turistas de lazer durante a alta temporada pode buscar parcerias com empresas para atrair hóspedes corporativos durante os períodos de baixa demanda.


Outra opção, é o hotel executivo identificar oportunidades nas demandas dos residentes.


Ainda existe a opção do fechamento do hotel.


Às vezes, é mais simples e cômodo.


Nos casos dos Destinos Turísticos, o tema é relevante e preocupante quando os responsáveis não estão preparados para os exercícios dos seus cargos e funções.


As empresas  podem investir em ações promocionais  para estimular a demanda em períodos de baixa temporada, como as criações  de pacotes promocionais, descontos e eventos especiais.


A fidelização de clientes também é importante para garantir uma demanda mais estável ao longo do ano.


É bom lembrar que é mais econômico manter clientes atuais evitando investimentos equivocados nas buscas de novos clientes.


Em resumo, a sazonalidade e a inconstância de demanda são desafios comuns no mercado turístico e da hospitalidade, mas com planejamento e ações estratégicas é possível minimizar seus impactos e garantir a sustentabilidade do negócio.


É importante estar atento às tendências do mercado e às necessidades dos clientes para se adaptar às mudanças e manter a competitividade no setor.


Um bom Diagnóstico pode ajudar.


Será?


Respeitam-se todas as opiniões contrárias.


São reflexões.


Podem ser úteis.


Pensem nisso.

________________________


*ABDON BARRETTO FILHO (FOTO)


Economista e Mestre em Comunicação Social 



Textos e podcasts em:



_________________________

                                                                                                                                          

RÁDIO CIDADE DE GRAMADO ONLINE

                       “24H NO AR”

Para escutar acesse o SITE:

ou o APLICATIVO:


10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page