appcod.gif
Anuncio02.png

Historiadora Iraci Casagrande Koppe será a patronesse da Feira do Livro de Gramado deste ano


A 24ª Feira do Livro, que aconteceria em junho, ocorrerá de 01 a 12 de outubro de 2021, e terá como patronesse a historiadora e primeira Rainha das Hortênsias da cidade, Iraci Casagrande Koppe
A 24ª Feira do Livro, que aconteceria em junho, ocorrerá de 01 a 12 de outubro de 2021, e terá como patronesse a historiadora e primeira Rainha das Hortênsias da cidade, Iraci Casagrande Koppe.

Buscando mais tempo para que se estabeleça uma condição de maior vacinação em todo o território nacional e, consequentemente, gere mais segurança à comunidade local e visitantes, a Secretaria da Cultura de Gramado anuncia que a 24ª Feira do Livro, que aconteceria em junho, ocorrerá de 01 a 12 de outubro de 2021.


O evento, que terá como patronesse a historiadora e primeira Rainha das Hortênsias da cidade, Iraci Casagrande, trabalha com dois possíveis cenários.


O primeiro deles é que possa ser realizado de maneira física, com controle de acessos e protocolos de segurança, contando com comercialização, programação cultural no local e programação pedagógica online; e o segundo híbrido, com atividades acontecendo nas escolas de maneira digital, toda a programação cultural 100% online, com acesso democratizado, e a comercialização de livros ocorrendo de maneira física.


A Secretaria da Cultura conta com a Rua Coberta como cenário ideal para o evento, mas também considera sua realização na Praça das Etnias, ou no Lago Joaquina Rita Bier.


Em consonância com a Feira, deve ocorrer a primeira edição da Jornada Gramadense de Literatura, evento idealizado pela Academia Gramadense de Letras e Artes, e que pretende marcar o início de uma transformação no cenário da literatura na cidade.


“A literatura é minha grande paixão e uma das bandeiras que mais defendo como elemento transformador para qualquer realidade. O acesso à leitura e aos livros precisa ocorrer e precisa ser difundido e facilitado por gestores preocupados com o desenvolvimento de sua comunidade. Por isso, estamos envolvidos constantemente em achar soluções para a realização segura e impactante da Feira do Livro de Gramado. Sei, ainda, que com a chegada da primeira ação da Jornada Literária, em 2022 poderemos ter o evento literário que me propus a realizar desde o primeiro dia de gestão: uma festa ou festival literário que tenha a cara e o tamanho de Gramado”, destaca o secretário da Cultura Ricardo Bertolucci Reginato.

A Jornada Gramadense de Literatura deverá contar com a participação das Secretarias de Educação e Cultura, Gramadotur, Biblioteca Cyro Martins, e, claro, com a AGLA.


“Estamos trabalhando diariamente para buscar condições adequadas e respeitar nossa tão querida Feira do Livro. Mesmo em um ano com tantas dificuldades, temos convicção que a literatura terá seu espaço e que vamos conseguir realizar um evento bonito e seguro”, afirma a coordenadora do evento, Margarete Anschau, da Secretaria da Cultura de Gramado.


Doação de Livros para alunos das escolas municipais


Atualmente o pagamento dos livreiros para participarem da Feira do Livro é feito com a doação de livros para a Secretaria da Cultura. Esses livros posteriormente são repassados à Secretaria da Educação, para que as escolas municipais os utilizem em atividades pedagógicas dentro da programação da Feira do Livro.


A secretária da Educação Simone Tomazelli Andreis recebeu os 783 livos arrecadados pela feira das mãos do secretário da Cultura Ricardo Bertolucci Reginato e da coordenadora da Feira do Livro, Margarete Anschau, na última semana.

Foto: Lucas Dias/ Sociedade Recreio Gramadense/ Divulgação.

16 visualizações0 comentário