top of page
appcod.gif
Anuncio02.png

III Seminário na área da Infância e Adolescência recebeu 600 participantes de 70 municípios gaúchos

FOTO: DIVULGAÇÃO

O deputado estadual Elizandro Sabino (FOTO) preside a Frente Parlamentar de Defesa da Criança e do Adolescente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul



Na quinta-feira, 13 de abril, a Frente Parlamentar de Defesa da Criança e do Adolescente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, presidida pelo deputado estadual Sabino, realizou o seu III Seminário de Capacitação na Área da Infância e Adolescência.


O evento contou com aproximadamente 600 participantes, de 70 municípios do Estado, com o objetivo de capacitar os integrantes do Sistema de Garantia de Direitos das crianças e adolescentes.


Inicialmente, foi apresentada, através de um vídeo, uma prestação de contas da Frente Parlamentar, desde o momento de sua instalação, realizada em 23 de abril de 2019, conhecendo todo o trabalho realizado.


Entre as ações, foram destaque as campanhas Janeiro Branco, Juntos pela Vida, Todos Juntos Contra o Suicídio, Automutilação e Violência Contra a Mulher, ações de prevenção ao abuso e exploração sexual infantil, o Seminário Suicídio e Automutilação na Infância e Adolescência, as duas edições anteriores do Seminário na Área da Infância e Adolescência, entre diversas reuniões, capacitações e iniciativas promovidas.


O deputado Sabino destacou o quanto as capacitações, que é um dos pilares do seu mandato, são necessárias para uma boa atuação nesta área.


“Neste seminário temos homens e mulheres que fazem a diferença. Trabalhar na defesa de nossas crianças e adolescentes não é fácil, é uma atuação de extrema importância para a nossa sociedade. Agradeço aos mais de 70 municípios presentes, são mais de 600 pessoas aqui hoje, buscando por capacitação. Convidamos os melhores e maiores especialistas da área para trazer palestras fundamentais para os integrantes do Sistema de Garantia de Direitos das crianças e adolescentes. Obrigado a todos os presentes, o nosso evento, mais uma vez, foi um sucesso”, disse Sabino.


O presidente da Comissão da Criança e do Adolescente da Ordem dos Advogados do Rio Grande do Sul – OAB/RS, Dr. Carlos Luiz Kraemer, destacou que tem acompanhado de perto o trabalho desenvolvido pela Frente Parlamentar, visto que a Comissão está atuando em conjunto desde o início.


“Me lembro que naquele dia da instalação da Frente Parlamentar, falamos para o deputado que já tínhamos uma demanda. E logo virou Lei! A obrigatoriedade da apresentação da carteira de vacinação dos alunos, por ocasião da matrícula nas escolas públicas e privadas. Agradeço ao deputado por toda essa parceria”, comentou Kraemer.


A vereadora psicóloga Tanise Sabino, presidente das Frentes Parlamentares de Promoção à Saúde Mental, da Prevenção ao Suicídio e da Dependência Química, é uma grande parceira do gabinete do deputado Sabino e, na ocasião, representou a Câmara Municipal de Porto Alegre.


“Como vereadora e psicóloga, nós estamos trabalhando muito para colocar a pauta da saúde mental na agenda da cidade. Precisamos pensar em ações de promoção da saúde mental, precisamos de psicólogos nas nossas escolas, precisamos de segurança para alunos e professores. Essa é uma luta constante do nosso mandato. Aproveito para fazer o convite para o Simpósio Saúde Mental em tempos pós-pandemia, que acontecerá no dia 27 de abril, no Centro de Eventos da Amrigs. É o momento de nos capacitarmos e de equilibrarmos a vida profissional e pessoal. Finalizo parabenizando o deputado Sabino por trazer temas tão relevantes neste dia!”, ressaltou Tanise.


Na ocasião, o psiquiatra Dr. Jader Piccin abordou o tema da Depressão em Crianças e Adolescentes, trazendo dados, cases e as principais dúvidas no ambiente familiar e escolar.


“Como avaliar adequadamente os riscos e como ajudar? É necessário enxergar o problema para buscar alternativas para solucioná-lo. A depressão é uma das doenças mais frequentes em adolescentes, pais e professores podem ajudar aprendendo mais sobre isso e estando abertos às diferentes formas de tratamento”, explicou.


Durante a palestra, o Dr. Jader Piccin destacou que são mais de 100 mil casos de suicídio entre jovens, além da autolesão, que também se tornou recorrente.


“Identificar que as nossas crianças e adolescentes estão em sofrimento é o primeiro passo, avaliando mudança de comportamentos e de humor, lesões frequentes nos braços, baixa autoestima, desempenho escolar prejudicado, insônia e isolamento. Também precisamos destacar e avaliar os fatores de risco, como diagnósticos psiquiátricos, depressão, TDAH, TEPT, Doenças Cerebrais, problemas de conduta, psicose, ansiedade, pânico, etc. E em caso de suspeita, o próximo passo é uma avaliação por um profissional de saúde, para receber informações sobre a doença e o tratamento”, finalizou o Dr. Jader.


O Desembargador Dr. Daltoé Cezar e a assistente social do Tribunal de Justiça do Estado, Graziela Leal, trataram sobre o Sistema Nacional de Adoção.


Na sua palestra, destacaram os desafios decorrentes da adoção e acolhimento familiar, questões relacionadas às faixas etárias e perfis de crianças e adolescentes que estão na fila para adoção e trouxeram dados do Sistema Nacional de Adoção e Acolhimento.


“São mais de 30 mil crianças e adolescentes acolhidos e apenas 5 mil em processo de adoção pelo cadastro. Além disso, temos em torno de 30 mil pretendentes habilitados à adoção”, destacaram.


Os palestrantes também reforçaram sobre os programas de busca ativa criados a partir das informações do cadastro, tratando sobre o papel do conselheiro tutelar nesse processo.


O psiquiatra Dr. Alceu Gomes, ministrou sobre o Transtorno de Conduta na Infância e Adolescência, trazendo dados a respeito do tema.


“Cerca de 3% a 4% das crianças em idade escolar apresentam sintomas compatíveis com o transtorno de conduta, podendo chegar a 16% na adolescência. Precisamos atentar nos sintomas, como, por exemplo, a violação das regras sociais, agressividade, crueldade com animais ou pessoas, destruição de propriedade, sexualidade precoce. E na vida adulta, 40% irão evoluir para o transtorno de personalidade ou até mesmo sociopatia”, relatou.


Segundo o Dr. Alceu Gomes, muitas crianças podem desenvolver esse tipo de transtorno, devido ao histórico familiar, por terem outro tipo de transtorno psiquiátrico, entre outros fatores.


É um trabalho em conjunto, os pais devem ficar atentos aos sinais e buscarem soluções, como psicoterapia, terapia familiar, uso de fármacos, e a sociedade como um todo, desenvolvendo políticas de enfrentamento à violência nas escolas, protocolos de tratamento, programas de prevenção às drogas, etc.



O III Seminário na Área da Infância e Adolescência foi um importante momento de capacitação de professores, conselheiros tutelares, conselheiros dos direitos da criança e do adolescente, psicólogos, assistentes sociais, entre tantos outros profissionais que atuam direta e indiretamente nessa área, e contou com participantes de diferentes cidades gaúchas, entre elas: Alvorada, Arroio do Sal, Balneário Pinhal, Barão do Triunfo, Bento Gonçalves, Brochier, Butiá, Cachoeirinha, Camaquã, Campo Bom, Canoas, Capão da Canoa, Caraá, Caxias do Sul, Cerro Grande do Sul, Charqueadas, Cruz Alta, Dois Irmãos, Dom Feliciano, Eldorado do Sul, Encantado, Encruzilhada do Sul, Estância Velha, Esteio, Feliz, General Câmara, Gramado, Gravataí, Guaíba, Ipê, Itapuä, Ivoti, Montenegro, Morro do Espelho, Novo Hamburgo, Osório, Passo do Sobrado, Passo Fundo, Pelotas, Portão, Porto Alegre, Restinga Seca, Rio Grande, Rolante, Santa Cruz do Sul, Santo Antônio da Patrulha, São Jerônimo, São José do Hortêncio, São Leopoldo, São Sebastião do Caí, São Sepé, São Valentim do Sul, Sapiranga, Sapucaia do Sul, Sentinela do Sul, Sinimbu, Tabaí, Taquari, Teutônia, Tramandaí, Três Cachoeiras, Triunfo, Turuçu, Vale Real, Venâncio Aires, Viamão e Xangrilá.


-> Leia as principais notícias e artigos da "Cidade de Gramado", acesse:




-> CIDADE DE GRAMADO ON-LINE: Para anunciar e sugestões de pauta, o contato deve ser pelo WhatsApp 51. 9. 9855. 0051.


____________________________________


NOTÍCIAS DA "TERRA DO TCHÊ"?



CONTATO/WHATSAPP: 51. 9. 9855. 0051


_____________________________________

7 visualizações0 comentário

Комментарии


bottom of page