top of page
appcod.gif
Anuncio02.png

"Menos burocracia para liberar o Loteamento Carazal, o momento de pedir para a Caixa Federal é agora", disse Voltencir Fleck em seu programa de Rádio

Na sexta-feira, 17 de maio, ao noticiar o pedido dos vereadores para o Executivo que seja criado auxílio-moradia em Gramado, Fleck (FOTO) sugeriu a formação de uma comissão que busque na Superintendência da Caixa Federal a flexibilização para a construção das casas aguardada há anos


📸 VOLTENCIR FLECK | ARQUIVO PESSOAL


Louvo a ação dos vereadores Professor Daniel (PSDB), Cícero Altreiter (MDB), Renan Sartori (MDB) e Rodrigo Paim (MDB) que pedem criação de auxílio-moradia por parte da Prefeitura de, no mínimo, R$ 2 mil para quem perdeu moradia, mas pergunto, neste momento o que está sendo feito em se tratando do Loteamento do Carazal?


Paralelo a isso, devem pensar sobre o Loteamento Carazal, porque não criam uma comissão para ir até a Superintendência da Caixa Econômica Federal, em Caxias do Sul, em Porto Alegre, Brasília, seja onde for, para pedir para a Caixa ser menos burocrática, digamos assim, em se tratando de liberação do Loteamento Carazal?


Criem uma Comissão na Câmara de Vereadores, e busquem a possibilidade da liberação do Loteamento Carazal, que é o que os nossos moradores – muita gente já fez a inscrição, quero acreditar que temos quase 20 anos de Loteamento Carazal, sem respostas para a nossa gente.


Então, paralelo a esta ação de solicitar o auxilio moradia para a  Prefeitura, espero que antes desta solicitação tenha ocorrido uma conversa entre Legislativo e Executivo para saber se existe esta possibilidade deste auxílio, para que as pessoas não fiquem novamente acreditando que algo vá acontecer e, por um ou por outro motivo, diante da Lei ou algum impeditivo, não aconteça.


E o Carazal, como é que fica?


A Caixa Federal vai continuar com a burocracia? ... que é legal, é legitima, ao que parece.


Mas, a pergunta está no ar, e o microfone está aberto para respostas dos senhores vereadores.


Que bom que existe essa preocupação dos senhores para com a nossa comunidade, não poderia deixar de ser diferente, é um momento que é preciso dar as mãos, um momento se solidariedade, diante desta catástrofe que aconteceu em todo o estado do Rio Grande do Sul , em Gramado não foi diferente, infelizmente, a nossa cidade foi atingida e é preciso reconstruir.


E este auxílio moradia pode ser um dos primeiros passos para a reconstrução.


Será possível?


Ocorreu uma conversa com o Executivo para saber se, realmente, existe esta possibilidade, agora, neste primeiro momento?


E o Carazal, como é que fica?”, comentou o comunicador durante o Programa Vozes da Cidade, que vai ao ar de segunda a sexta-feira, as 19h, na Rádio Cidade de Gramado Online.



O WhatsApp da produção do Programa Vozes da Cidade é o 54. 9. 9156. 3531.

                                                                                   

RÁDIO CIDADE DE GRAMADO ONLINE

                       “24H NO AR”

 

Para escutar acesse o SITE:

ou o APLICATIVO:


42 visualizações0 comentário

Comentarios


Los comentarios se han desactivado.
bottom of page