top of page
appcod.gif
Anuncio02.png

Motivações para viagens no Rio Grande do Sul

Atualizado: 4 de dez. de 2023

*POR: ABDON BARRETTO FILHO


FOTO: ABF | ARQUIVO PESSOAL

Viajar pelo Brasil oferece experiências únicas e enriquecedoras, com grande variedade de motivações que podem ser destacadas, a depender de cada interessado e suas disponibilidades: tempo e recursos financeiros.


Com as proximidades das férias do verão, existem muitas opções entre os 497 Municípios do  Rio Grande do Sul.


É óbvio que o “veraneio” e as segundas residências são destacadas durante as tradicionais férias, entre dezembro a março.


Entretanto, existem interessados em outros atrativos geográficos, históricos, culturais, equipamentos e serviços.


Observa-se que nas 27 Regiões Turísticas podem ser encontrados bens e/ou serviços turísticos no ano todo.


Durante as férias de verão, as influências maiores são as praias e com suas diversas formas de entretenimento e lazer, incluindo esportes ao ar livre para todos.


Convém salientar que existem pessoas que preferem os passeios distantes das praias e até longe dos maiores centros urbanos, assim como, existem pessoas que querem aproveitar os maiores centros urbanos desfrutando os Museus, os Shoppings Center, os Teatros, os Cinemas, os Restaurantes, entre outras ofertas de entretenimento e lazer.


É a diversidade do fenômeno turístico que influencia e é influenciado pelas necessidades e demandas dos residentes que procuram atrativos fora  da suas respectivas residências habituais.


Para os planejadores e gestores do turismo urbano ou rural, a sazonalidade incentiva a adaptação e/ou a criação de novas ofertas de bens e/ou serviços turísticos.


A definição e a consequente  delimitação do produto turístico pode ser ofertada  no Calendário de Eventos e divulgada adequadamente.


Os eventos e as utilizações da publicidade, propaganda, relações públicas, redes sociais, integrantes da  comunicação integrada atraem visitantes e motivam as viagens o ano todo.


E, no verão,  os shows musicais, eventos desportivos e datas tradicionais movimentam a Economia do Turismo.


Os bons exemplos estão disponíveis e os empreendedores com suas parcerias já estão  descobrindo como os eventos são destaques nos destinos turísticos, principalmente quando são bem realizados, qualificados e promovidos nos mercados emissores.


Os eventos são grandes motivadores de viagens.


No verão, a criatividade e as aplicações dos conhecimentos do City Marketing contribuem e ajudam nas captações de fluxos de visitantes.


Nada acontece por acaso.


A sazonalidade é uma grande característica da oferta turística.


A inconstância da demanda turística, também.


Logo, para manter fluxos de visitantes, o diagnóstico em cada Destino Turístico pode orientar o  Planejamento, Organização, Direção e o Controle dos eventos contribuindo nas estratégias vencedoras.


Será?


Respeitam-se todas as opiniões contrárias.


São reflexões.


Podem ser úteis.


Pensem nisso.

___________________________


*ABDON BARRETTO FILHO (FOTO)


Economista e Mestre em Comunicação Social 



Textos e podcasts em:




____________________________


RÁDIO CIDADE DE GRAMADO ONLINE

                       “24H NO AR”

Para escutar acesse o Site:

ou o llink:

84 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page