appcod.gif
Anuncio02.png

“Não sou EAD – Escritor a Distância. Ninguém vai me dizer o que tenho que escrever.”


“Voltar a morar e comunicar sobre Gramado, com respeito, sem distorcer fatos é bom demais. Vamos construir, juntos, uma comunicação que faça com que as pessoas reflitam sobre o que acontece, verdadeiramente, em nossa cidade, mostrar Gramado como ela é, com ou sem glamour”, comenta o editor do Cidade de Gramado Online, Voltencir Fleck (FOTO).
“Voltar a morar e comunicar sobre Gramado, com respeito, sem distorcer fatos é bom demais. Vamos construir, juntos, uma comunicação que faça com que as pessoas reflitam sobre o que acontece, verdadeiramente, em nossa cidade, mostrar Gramado como ela é, com ou sem glamour”, comenta o editor do Cidade de Gramado Online, Voltencir Fleck (FOTO).

Depois de muito tempo, volto a escrever sobre o que acontece na Cidade de Gramado.


Sempre lembrando que “não sou EAD – Escritor a Distância, portanto, vou comentar neste espaço aquilo que eu tiver conhecimento real e não o que tentarem me induzir a escrever.

“Me contaram?”, “ouvi dizer?”, “acho que foi?”...


Não vai ser assim, no grito ou na base do achismo, não vai ser, de jeito nenhum.


Opiniões, comentários e assuntos que dizem respeito às atividades do dia a dia dos gramadenses, alguns tópicos - que vão interessar direta ou indiretamente algumas pessoas, serão apresentados aqui.


Te convido para construirmos juntos uma comunicação que faça com que as pessoas reflitam sobre o que acontece, verdadeiramente, em nossa cidade.


Entre um e outro comentário, vou me permitir trazer algo que, provavelmente, não interessa para algumas pessoas, mas para alguns, se houver uma reflexão, será de grande valia.


Charadas?

É assim que se chama?


Sim, enigmas que, dependendo do seu conteúdo, podem fazer rir ou “fundir a cuca”, que, convenhamos, não será para tanto, mas vamos observar neste espaço, claro que vamos.


Importante dizer que não sou adepto a comentários de vida pessoal (embora alguns apreciem e façam questão de se prestar ao “triste papel” de escrever sobre este tema, adotando conduta manipuladora em troca de migalhas).


O que valerá é prestar a atenção no que vou relatar, com respeito e sem distorcer fatos, mas também uma pitada de humor, quando possível, até porque nos tempos atuais um pouco de alegria não faz mal para ninguém.


E para um bom entendedor da função do polegar opositor, é fácil conhecer muito dos temas da cidade em que se vive, ainda mais quando ela não é tão grande assim e, na maioria das vezes, informações chegam mais rápidas que os recursos da tecnologia.


Minhas ações sempre foram assim e continuarão sendo conduzidas desta forma, e olha que já participei de vários governos, municipais e estadual - tanto no Centro Administrativo Fernando Ferrari, em Porto Alegre, quanto na Assembleia Legislativa gaúcha, sem carregar propósitos ou preconceitos escondidos, sem mesquinharia, respeitando todas as opiniões mas fazendo valer o meu ponto de vista, contribuindo, significativamente, com os espaços onde desenvolvi meus trabalhos.


Provavelmente, pelo fato de não ter, muitas vezes, defendido o indefensável, não ter sido submisso e puxa-saco, não me perpetuei em cargos, a exemplo de muitos que eu e você, que todos nós, conhecemos.


Sendo assim, espero notícias do público leitor através do e-mail cidadedegramado.online@gmail.com, para mostrarmos a cidade de Gramado como ela é, com ou sem glamour.


Saúde, Paz, ‘FÉ’licidade e boas notícias, se nem sempre tão boas, pelo menos que sejam verdadeiras.

Conto contigo.

Obrigado, Gramado.

Muito obrigado pela oportunidade que me objetivas de poder estar aqui.


CIDADE DE GRAMADO ONLINE

No Facebook: https://www.facebook.com/cidadedegramado.online

Por: Voltencir Fleck

Editor do Cidade de Gramado online

Foto: Voltencir Fleck/Arquivo Pessoal.

14 visualizações0 comentário