appcod.gif
Anuncio02.png

Porto Alegre: Dois grupos empresariais selecionados para estudos da marina pública na Orla do Guaíba


Trecho 2 possui 134,4 mil metros quadrados e 850 metros de extensão.(FOTO: DIVULGAÇÃO PREFEITURA DE PORTO ALEGRE)


Dois grupos de empresas foram autorizados a desenvolver os estudos para implantação, gestão, operação e manutenção da marina pública e de espaços voltados às atividades náuticas no trecho 2 do Parque Urbano da Orla do Guaíba, na região do Anfiteatro Pôr-do-Sol. O resultado foi publicado na edição dessa quarta-feira, 8, do Diário Oficial de Porto Alegre (Dopa).


Com 134,4 mil metros quadrados e 850 metros de extensão, o trecho 2 da Orla fica localizado entre a Rótula das Cuias e o Arroio Dilúvio e apresenta condições para um elemento âncora que dê sustentabilidade econômica à marina da Orla e demais atividades acessórias para o funcionamento.


A prefeitura recebeu quatro requerimentos. Um dos selecionados foi o que reúne as empresas Cheetah Consultoria Empresarial, Photo Arquitetura, PierBrasil Engenharia e Soluções Tecnológicas, Arvut Meio Ambiente e Superfície Engenharia.


O segundo requerimento autorizado é formado pela Construtora Pelotense Ltda e RGS Engenharia S.A.


Os outros dois requerimentos, da TGS Eventos e do grupo IN Poa e LM Geradores, não atenderam às necessidades estipuladas pelo edital lançado em outubro.


As empresas selecionadas terão 90 dias para apresentação dos trabalhos de modelagem técnica e econômico-financeira.


Os estudos não geram custo para o Executivo Municipal, pois são pagos pelo vencedor da concessão.

1 visualização0 comentário