top of page
appcod.gif
Anuncio02.png

Vereadores montam comissão com moradores para acompanhar situação de atingidos e buscar agilidade na

Reunião pública aconteceu na manhã do sábado, 25 de novembro, na Câmara


FOTOS: LETÍCIA DE LIMA | COMUNICAÇÃO CÂMARA DE VEREADORES DE GRAMADO


Muitas contribuições, sugestões, anseios, demandas e preocupações foram levados pelos moradores de Gramado à Câmara de Vereadores na manhã do sábado, 25 de novembro, durante reunião pública convocada pelos parlamentares.


Através da Comissão Especial Temporária criada na Casa Legislativa, os vereadores e o promotor de Justiça, Max Guazzelli, escutaram os principais pedidos e angústias especialmente das famílias que estão desalojadas no município.


O encontro foi conduzido pelo presidente da Comissão Especial, vereador Professor Daniel (Partido dos Trabalhadores), pelo presidente da Câmara, Celso Fioreze (PSDB), pelo promotor Max, e contou com a participação dos nove vereadores que compõem a Casa, ouvindo atentamente todas as demandas da população que se fez presente.


Comprometidos em apoiar e acompanhar o trabalho do Poder Executivo e demais órgãos envolvidos nos esforços de enfrentamento à atual situação de calamidade em áreas de risco, os parlamentares organizaram, ainda, uma comissão com representantes de áreas atingidas ou de locais que estão gerando preocupações.


Dez moradores colocaram seus nomes à disposição para auxiliar na atualização de informações, sendo, assim, um canal direto da comunidade com os trabalhos desenvolvidos pela Comissão Especial.


Estão representadas nesta comissão a Rua Nelson Dinnebier (bairro Piratini), o bairro Três Pinheiros, o Morro Agudo e o condomínio Alphaville.


“A Câmara está de portas abertas, somos servidores e estamos aqui para servir. A natureza está nos dando sinais e nós precisamos estar alerta, também se colocando no lugar de cada um. O que aconteceu é muito duro, a comunidade toda está sofrendo, mas está unida, o que pudermos fazer como vereadores e promotoria, podem ter certeza que estaremos ao lado do Executivo para enfrentar essa juntos”, disse Celso Fioreze.


O promotor Max Guazellli respondeu alguns questionamentos dos moradores e informou que oficiou ontem a administração municipal, concedendo 72 horas para apresentação de pareces preliminares.


“Anotei e levarei todas essas demandas, surgiram aqui sugestões muito interessantes. A Câmara de Vereadores tem esse papel importante de ser a voz do povo e nesse momento é preciso muita transparência com as pessoas que estão fora de suas casas. O que pudermos agilizar, nós, agentes públicos,vamos  fazer”, declarou o Dr. Max.

Demandas elencadas pela população durante a reunião pública:



- Definição de prazos para que as famílias saibam se organizar em relação às suas moradias;


-Necessário mais transparência de informações do Executivo Municipal para a comunidade;


-Estudos sobre a Perimetral;


- Preocupação quanto ao muro de contenção, que não vai aguentar muito tempo;


- Aluguel social para pessoas que estão sem suas casas e aumento imediato do auxílio, tendo em vista que o custo do aluguel em Gramado é muito elevado;


-Preocupação no loteamento Don Felipe com solo cedendo;


-Pedido que vereadores fiscalizem de perto ações;


-Mais atenção das autoridades para demandas que chegam ao Fala Cidadão na Prefeitura;


-Vários alertas sobre eucaliptos gerando risco que não foram ouvidos;


-Ouvir a comunidade mais carente;


- Muitas informações desencontradas do que é passado para mídia/imprensa e o que é repassado para moradores;


-Sugestão de embargar todas as obras atuais, para avaliar ponto por ponto;


-Como ficará a cobrança de impostos das pessoas que estão desalojadas?


-Auxílio para pequenos negócios do bairro Três Pinheiros que estão parados e que são a fonte de renda das pessoas;


-Muita demora nos pedidos solicitando autorização de corte/poda de árvores;


-Sugestão que vereadores façam escala para visitas nos bairros captando as demandas de cada localidade e situação atualizada;


-Apoio do Exército;


-Preocupação no bairro Piratini de que aconteça lá a mesma evacuação que ocorreu no Três Pinheiros;


-Gramado precisa de um novo estudo na cidade toda com geólogos, porque tem muitos lugares em risco aparente.



RÁDIO CIDADE DE GRAMADO ONLINE

                       “24H NO AR”

Para escutar acesse o Site:

ou no APLICATIVO:

8 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page