appcod.gif
Anuncio02.png

Cemitério do bairro Planalto passará por reformulação


O Cemitério Municipal de Gramado (FOTO), localizado no bairro Planalto, passará por reformulação.


Após perceber que diversas sepulturas não recebem nenhum tipo de manutenção há anos expondo os visitantes a riscos, contribuindo inclusive com a proliferação de mosquitos transmissores de doenças, o prefeito Nestor Tissot instituiu através de edital de notificação e Chamamento Público, assinado em 22 de outubro de 2021, em especial a lei Completar, que institui o Código de Postura e regulamenta o uso do Cemitério do Município de Gramado.


Após uma avaliação da Secretária da Cidadania, Assistência Social e Defesa Civil, constatou que muitas sepulturas estão em completo abandono, em ruína, sem visitação, sem conservação, sem identificação, sem numeração, ou mesmo o nome da pessoa da qual está enterrada, o que impossibilita até mesmo saber quem é para que o Município o notifique de forma direta os familiares para melhorias do espaço.


Mediante esta situação, o município solicita que os familiares dos entes enterrados compareçam a Secretária da Cidadania e Assistência Social, ou ligue (54) 3286-4349 ou (54) 9 8418-5312, para que possa identificar e avaliar o que poderá ser feito com os restos mortais.


“Considerando toda esta situação, as sepulturas que estão em total estado de abandono e da falta de local para futuros enterros, o município fará um ossuário público para abrigar os restos mortais para as sepulturas que estão neste estado. E para os que possuem edificações, como túmulos, gavetas, e capelinhas, se faz necessário comparecer na Secretária para regularizar”, explicou a secretária da Cidadania, Assistência Social e Defesa Civil, Vera Simão.


A Secretaria está localizada na Rua Getúlio Vargas, 484, bairro Piratini.


A proposição desta lei que já foi amplamente divulgada, inclusive com diversas publicações, através de fixação de mural, ofícios para órgão de segurança pública, ao Presidente do Conselho de Saúde, ao Juiz da Comarca, bem como para a Promotoria Pública e a Câmara de Vereadores, a Secretária da Cidadania e Assistência Social, Vera Simão diz: “queremos ampliar a divulgação para que os parentes se apresentem antes mesmo das mudanças que serão feitas, e não queremos em hipótese alguma causar desconforto aos familiares, mas de fato, neste estado de abandono temos que agir pois, existe a necessidade de mais espaços no cemitério. As pessoas precisam ter consciência do que significa esta situação e entender a finalidade deste projeto”.


O prazo dado pelo município foi de seis meses que foram prorrogados e agora vence dia 22 de abril de 2022, para que os familiares comparecessem e resolvesse esta situação.


Os familiares precisam levar documentação do ente enterrado, para identificar quem está na sepultura.


Existem mais de duas mil sepulturas no cemitério e até o momento apenas 200 pessoas compareceram para fazer estas identificações.


O prazo já esgotou e as pessoas precisam urgentemente fazer estas identificações, pois será considerado abandono, deixando o município livre para tomar todas as atitudes cabíveis.


FOTO E TEXTO: COMUNICAÇÃO PREFEITURA DE GRAMADO.

________________________________


MAIS NOTÍCIAS SOBRE GRAMADO?


ACESSE: www.cidadedegramadoonline.com.br


NOTÍCIAS SOBRE TURISMO, CULTURA, NEGÓCIOS E SERVIÇOS DO RIO GRANDE DO SUL?


ACESSE: https://www.peloscaminhosdoriogrande.com.br/noticias


CONTATO/WHATSAPP: 51. 9. 9855. 0051

__________________________________

3 visualizações0 comentário