appcod.gif
Anuncio02.png

Dinheiro público aplicado no mercado financeiro? Dom Pedro de Alcântara coloca prefeitos em alerta


O município de Dom Pedro de Alcântara (FOTO) tem sua origem na então “Colônia São Pedro”, antigo 5º Distrito de Torres, no litoral gaúcho. A área emancipou-se em 28 de dezembro de 1995
O município de Dom Pedro de Alcântara (FOTO) tem sua origem na então “Colônia São Pedro”, antigo 5º Distrito de Torres, no litoral gaúcho. A área emancipou-se em 28 de dezembro de 1995

O caso do município de Dom Pedro de Alcântara, no litoral norte gaúcho, onde o tesoureiro (ou ex-tesoureiro) é suspeito de desviar R$ 8 milhões da prefeitura, segundo informações, mandando o dinheiro para as contas pessoais, entre março de 2020 e fevereiro deste ano, deixou grande parte - senão todos, os prefeitos do Brasil em alerta.


Essa irresponsabilidade causou um prejuízo enorme à comunidade dom-pedro-alcantarense, com os desvios nas áreas da saúde, educação e fundo de previdência dos funcionários municipais.


E o dinheiro? Foi perdido no mercado financeiro.

Se essa moda pega, já pensou?

Por aqui não pega, vamos acreditar.


A reportagem de Giovani Grizotti, foi produzida pela RBS TV e exibida pelo Fantástico, no domingo, 02 de maio.

Veja o vídeo, acesse o link:

https://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2021/05/02/tesoureiro-e-suspeito-de-desviar-r-8-milhoes-de-prefeitura-no-rs-dinheiro-foi-perdido-no-mercado-financeiro.ghtml

Por: Voltencir Fleck

Editor do Cidade de Gramado Online

Foto: Dom Pedro de Alcântara/Divulgação.


7 visualizações0 comentário