top of page
appcod.gif
Anuncio02.png

Jabuti e tatú não se coloca em cima de árvore, mas tem quem prefira arriscar

Atualizado: 8 de dez. de 2022

*Por: Voltencir Fleck


Trabalho na comunicação para o Turismo há mais de 20 anos, objetivando informações diversas, promovendo rotas, roteiros e destinos, valorizando, de maneira especial, o receptivo da nossa “Terra do Tchê”.


Promover o Turismo realmente me encanta e faz bem, porém, em alguns momentos fico a pensar sobre o que pode fazer determinadas lideranças – de diversas frentes de ações, nomear acéfalos para cargos importantes que o setor exige.


Na política, infelizmente - com raríssimas exceções, visto que na maioria das vezes a inteligência não se faz necessária em muitos espaços, não medem esforços para colocar “jabutis em cima de árvores”, mesmo sabendo que este animal é um réptil exclusivamente terrestre.


Ora, se no chão podem causar transtornos pela morosidade e falta de habilidade imagine no alto, o perigo de cair na cabeça de quem os colocou lá.


Há quem prefira arriscar, mas o melhor é lembrar sempre, antes de tomar qualquer decisão precipitada que “jabutis não nasceram para serem colocados em árvores”, aliás, nem tatus.


Depois não vai dizer que não avisei.



A propósito: Sobre Jabuti, a notícia diz que ele morde forte, então, é preciso prestar muita atenção, principalmente os protetores, cuidadores e "puxa-sacos".


Fica a dica.



* Voltencir Fleck - Radialista e Jornalista


Editor do Site Cidade de Gramado Online



____________________________________


NOTÍCIAS SOBRE GRAMADO?

CONTATO/WHATSAPP: 51. 9. 9855. 0051

____________________________________

25 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page