appcod.gif
Anuncio02.png

Gramado aposta nas feiras e na diversificação de produtos coloniais


Feira, antes realizada junto a Cooperativa Planalto, no Centro, passará a ocorrer no Expogramado, no espaço dos fornos. (IMAGEM ILUSTRATIVA/ ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO PREFEITURA DE GRAMADO)



A Administração Municipal, por meio da Secretaria de Agricultura, tem buscado manter parcerias com os diversos produtores rurais que desenvolvem atividades junto à agricultura familiar e que contribuem com a geração de renda e o desenvolvimento das propriedades rurais.


A partir da terça-feira, 18 de janeiro, Gramado ganha um novo ponto de comercialização de produtos coloniais, o Expogramado.


Entre as terças e sextas-feiras, das 8h às 13h30, e nos sábados, das 6h às 12h, a comunidade terá um novo local para adquirir os itens cultivados no interior.


A feira, antes realizada junto a Cooperativa Planalto, no Centro, passará a ocorrer no Expogramado, no espaço dos fornos.


“É mais uma opção de local para a aquisição de produtos fresquinhos, da lavoura para a mesa”, disse Rafael Ronsoni, secretário interino de Agricultura.


Em meio as várias novidades, a feira da Várzea Grande, que ocorre no Terminal Turístico e Rodoviário, segue sendo realizada todos os sábados, das 7h30 as 10h30.


No local é possível encontrar pães, cucas de diversos sabores, biscoitos coloniais, tomate, pimentão, iogurte natural, queijos, embutidos, diversos tipos de feijão e uma grande variedade imensa de hortifrúti.


A feira reúne produtores da região.


Também aos sábados, das 6h às 11h, a feira de produtos orgânicos, realizada pela Associação de Produtores Orgânicos de Gramado (Apog), oferece na Praça das Etnias, ao lado da Estação Rodoviária, no Centro, cultivos da época do ano, como hortaliças e frutas, cogumelos, sucos, geleias, biscoitos e ovos.


Todos os produtos são produzidos de forma orgânica e estão em certificação com a rede Ecovida.


E para quem prefere os itens tradicionais, também na Praça das Etnias é realizada todos os sábados, das 6h às 11h, uma variedade imensa de produtos coloniais.


Seja para comprar frutas, legumes, verduras, flores, pães ou cucas e outras delícias produzidas pelas famílias rurais, “o local é bastante frequentado por quem opta em garantir qualidade com um preço justo”, destaca Ronsoni.


________________________________

MAIS NOTÍCIAS SOBRE GRAMADO?

ACESSE: www.cidadedegramadoonline.com.br

NOTÍCIAS SOBRE TURISMO, CULTURA, NEGÓCIOS E SERVIÇOS DO RIO GRANDE DO SUL?

ACESSE: https://www.peloscaminhosdoriogrande.com.br/noticias

CONTATO/WHATSAPP: 51. 9. 9855. 0051

________________________________

4 visualizações0 comentário